Graduação em Direito SP – Processo Seletivo Nacional – Vestibular

Modalidade: 
Vestibular
Inscrições: 
Encerradas
Data da inscrição: 
03/07/2017 - 10/10/2017
Local da prova: 

1ª Fase - 29/10/2017 - Provas discursivas de Redação, Língua Portuguesa e Inglês.
        02/11/2017 - Provas discursivas de Artes e Questões Contemporâneas, História, Geografia e Raciocínio Lógico-Matemático.

2ª Fase - Entre 04 e 08/12/2017 - Realização do Exame Oral

Taxa de inscrição: 

R$ 75,00 (setenta e cinco reais), para pagamentos realizados entre o período de 03/07/2017 e 11/08/2017 até as 18h ou
R$ 150,00 (cento e cinquenta reais), para pagamentos realizados após as 18h do dia 11/08/2017, até 10/10/2017, às 18h.

Forma de pagamento: 
Boleto Bancário ou Cartão de Crédito
Onde posso obter o Manual do Candidato?

O Manual está disponível gratuitamente para impressão na internet.

Como é o vestibular? (CGD)

O Processo Seletivo da FGV/DIREITO SP segue princípios semelhantes aos que orientaram a montagem do curso. Em primeiro lugar, não se adotou prova de múltipla escolha. A primeira fase terá provas com questões analítico-expositivas, das seguintes matérias: 1) Redação; 2) Língua Portuguesa; 3) Inglês; 4) Geografia; 5) História; 6) Raciocínio Lógico-Matemático; 7) Artes e Questões Contemporâneas. O conteúdo programático das provas da primeira fase foi bastante reduzido em relação aos vestibulares tradicionais para priorizar a avaliação da capacidade argumentativa do aluno e não sua capacidade de memorização de uma grande quantidade de informações. A segunda fase consiste num Exame Oral que será realizado em pequenos grupos de alunos que debaterão uma situação-problema proposta pelos examinadores.

Quantas vagas serão oferecidas? (CGD)

São oferecidas 80 (oitenta) vagas anuais, das 100 vagas autorizadas pelo MEC, 64 (sessenta e quatro) vagas para o Vestibular, 14 (quatorze) vagas para o ENEM e 2 (duas) vagas para o Processo Seletivo Internacional para uma turma em turno integral (manhã e tarde), respeitadas a ordem de classificação, de acordo com o quadro de vagas do Edital e Manual do Candidato.

Como faço a inscrição? (CGD)

Para participar do Processo Seletivo, faça sua inscrição no período de 03/07/2017 a 10/10/2017 até as 18h, exclusivamente pela internet, no link Ficha de Inscrição. Em caso de dúvidas no preenchimento da inscrição, acesse o link Passo a Passo da Inscrição.
A Fundação Getulio Vargas não se responsabiliza pelas inscrições não concluídas por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, procedimento indevido do candidato, bem como por outros fatores que impossibilitem a transmissão de dados via internet, principalmente no último dia de inscrição.

Qual o valor da taxa de inscrição? (CGD)

O valor da inscrição será de:

•    R$ 75,00 (setenta e cinco reais), para pagamentos realizados entre o período de 03/07/2017 a 11/08/2017 até as 18h, ou
•    R$150,00 (cento e cinquenta reais), para pagamentos realizados após as 18h do dia 11/08/2017, até 10/10/2017, às 18h.

Os boletos deverão ser gerados até as 18h, porém os pagamentos poderão ser feitos por qualquer dos meios bancários disponíveis, desde que na mesma data do vencimento, ou seja, somente serão aceitos pagamentos com autenticação até as 23h59 dos dias 11/08/2017, para o primeiro período, e 10/10/2017, para o segundo período.

Como faço o pagamento da taxa?

O pagamento da inscrição deverá ser realizado por Boleto Bancário ou Cartão de Crédito, até a data de seu vencimento.
Não serão aceitas outras formas de pagamento (DOC, DEPÓSITO etc.) ou pagamento após o vencimento estabelecido.
Os participantes poderão optar por pagar pela internet ou nas agências bancárias, seguindo as instruções impressas no próprio Boleto Bancário.

Não haverá devolução da taxa de inscrição em nenhuma hipótese.

Posso pagar pela internet?

O pagamento poderá ser feito por qualquer dos meios bancários disponíveis desde que a autenticação bancária seja na mesma data do vencimento informado no Edital e no Manual do Candidato.

Existe a possibilidade de isenção da taxa de inscrição?

Sim, verifique no Edital ou no Manual do Candidato a documentação necessária, o prazo e o local para entrega.

Paguei a taxa de inscrição e não poderei realizar as provas. Posso obter o valor pago de volta?

Não haverá devolução da taxa de inscrição em nenhuma hipótese.

Tenho necessidade de condições especiais para poder realizar as provas. Como devo proceder na minha inscrição? (CGD)

O candidato sujeito a algum tipo de necessidade especial que exija condições personalizadas deverá preencher o campo específico na ficha de inscrição, informando qual sua necessidade quanto à impressão ou aplicação da prova; o local de realização das provas ajustadas a tais condições especiais será indicado pela FGV.
Para comprovar sua necessidade especial, o candidato deverá enviar para o e-mail cacr@fgv.br um laudo médico até 10/10/2017. Candidatos com Dislexia ou TDAH deverão entregar laudo contendo o diagnóstico de uma equipe multidisciplinar (Psicóloga, Fonoaudióloga e Psicopedagoga Clínica ou outros profissionais de saúde aptos a tal diagnóstico, mantendo-se, todavia, a multidisciplinaridade). O candidato deverá apresentar laudo médico contendo informações exatas e fidedignas sob pena de responder contra a fé pública e de ser eliminado do Processo Seletivo.
Cabe ao candidato prestar todas as informações necessárias a seu atendimento. A ausência da documentação solicitada no edital implica na realização das provas nas mesmas condições dos demais candidatos.

Quais serão os locais de realização das provas? (CGD)

As provas da Primeira Fase poderão ser realizadas nas seguintes cidades: Bauru, Brasília, Campinas, Curitiba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos e São Paulo. Ao inscrever-se, o candidato deverá assinalar, por ordem de preferência, qua­tro das cidades acima mencionadas, tendo São Paulo, obrigatoriamente, como uma das opções. Somente serão realizadas provas nas cidades onde houver número igual ou superior a 120 participantes inscritos em primeira opção. Os participantes cuja primeira opção não possa ser atendida em decorrência da condição estabele­cida acima serão alocados em suas opções subsequentes. Os endereços serão divulgados nas datas previstas, no Cronograma do Manual do Candidato.

A segunda fase (Exame Oral) ocorrerá apenas na cidade de São Paulo, na sede da FGV/DIREITO SP.

Como posso saber se minha inscrição foi confirmada? (CGD)

A inscrição somente estará confirmada após o pagamento da taxa de inscrição, e o candidato poderá certificar-se, a esse respeito, pelo site www.fgv.br/processo-seletivo-cgd, menu Visão Geral, link Acompanhe sua Inscrição, a partir de 2 (dois) dias úteis após a data em que efetuar o pagamento.

Somente estarão aptos a realizar as provas do Processo Seletivo os candidatos que efetuarem o pagamento dentro do prazo estabelecido. Pagamentos fora do prazo de inscrição, pagamentos com valores diferentes do estipulado ou a falta de pagamento da taxa de inscrição excluem o candidato do referido Processo, independentemente da certificação obtida no site, que atesta somente o crédito recebido pela FGV, não confirmando a inscrição realizada fora das regras estipuladas neste Edital e no Manual do Candidato.
 

Qual é o calendário do vestibular? (CGD)
Programação Data
Inscrições de 03/07 a 10/10/2017
 Divulgação dos locais de provas da 1ª Fase  20/10/2017
Realização das provas da 1ª Fase 29/10/2017 - Provas discursivas de Redação, Língua Portuguesa e Inglês.
02/11/2017 - Provas discursivas de Artes e Questões Contemporâneas, História, Geografia e Raciocínio Lógico-Matemático.
Divulgação do resultado da Primeira Fase e do local, das datas e horários dos grupos para realização do Exame Oral. 01/12/2017
Realização do Exame Oral - 2ª Fase Entre 04 e 08/12/2017
Divulgação dos convocados em primeira chamada e lista de espera. 22/12/2017

 

Como vou saber o local em que vou realizar as provas? (CGD)

O Cartão de Confirmação de Inscrição com local e horário em que os candidatos realizarão as provas será divulgado no site www.fgv.br/processo-seletivo-cgd, menu Visão Geral, link Local do Exame, a partir de 20/10/2017 para a primeira fase e a partir de 01/12/2017 para a segunda fase.

O candidato é responsável pela impressão do Cartão de Confirmação de Inscrição contendo data, local e horário para realização das provas. Somente será permitido realizar as provas no local informado no Cartão de Confirmação de Inscrição.

Quais documentos devo levar para realizar as provas? (CGD)

Nos dias das realizações das provas, o candidato deverá apresentar-se portando, obrigatoriamente, os seguintes documentos:

  • Cédula de Identidade (RG) ou Registro Nacional de Estrangeiros (RNE) originais e com fotos recentes. Não serão aceitas cópias xerográficas ou documentos que impeçam a efetiva identificação dos participantes.
  • Candidatos não Isentos da Taxa de Inscrição e Candidatos Isentos da Taxa de Inscrição: Cartão de Confirmação de Inscrição.

O candidato é responsável pela impressão do Cartão de Confirmação de Inscrição contendo data, local e horário para realização das provas. Somente será permitido realizar as provas no local informado no Cartão de Confirmação de Inscrição.
Candidatos que comparecerem ao dia de realização das provas sem o Cartão de Confirmação e não tiverem seu nome na Lista de Confirmados deverão apresentar o boleto bancário devidamente autenticado confirmando que o pagamento foi efetuado até o prazo estabelecido. 

Se, no dia das provas, eu estiver sem o documento solicitado, poderei realizá-las?

Não será permitido realizar as provas o candidato que não apresentar o documento de identificação solicitado no Manual do Candidato. Em caso de roubo ou perda, o candidato deverá apresentar o Boletim de Ocorrência.

Como será feita a identificação dos candidatos? (CGD)

Para efeito de identificação, no dia da realização das provas do Processo Seletivo, a FGV coletará, por meio eletrônico, a impressão digital de cada um dos candidatos. Esse procedimento será repetido quando da Efetivação do Vínculo com a FGV pelos candidatos aprovados e convocados para a Matrícula.
A qualquer tempo, a FGV poderá submeter os candidatos matriculados a nova coleta de impressão digital (identificação biométrica), para apuração de eventuais irregularidades detectadas a partir da comparação da impressão digital colhida durante a realização do Processo Seletivo.
Adverte-se que a não realização da identificação biométrica elimina automaticamente o candidato.
Durante cada período de prova, será fornecido ao candidato um cartão, para que se submeta à identificação biométrica. O candidato que não fizer recolher sua impressão digital em qualquer das datas, terá sua prova anulada e, consequentemente, será eliminado do Processo Seletivo. Ao candidato cumpre sujeitar-se à coleta da digital na saída dos dois dias de provas e do Exame Oral, assim como é, também, sua obrigação, manter o comprovante para exibi-lo, caso lhe seja solicitado que o apresente:

  • após a conclusão das provas do segundo dia;
  • após a realização do exame oral;
  • no ato da matrícula, caso venha a ser aprovado.

 

Que material devo levar no dia das provas?

Compareça ao local da prova munido de lápis, caneta esferográfica (azul ou preta) e borracha. Quaisquer outros objetos, como bolsas, mochilas, sacolas, livros, cadernos, calculadoras, celulares, relógios, mp3, tablet ou similar, aparelhos eletrônicos etc., não poderão ser utilizados durante as provas.

Posso levar alimento no dia da prova?

Sim, mas deve tomar cuidado para que ele não suje nem danifique as Folhas de Respostas e/ou Cadernos de Questões, pois eles não serão trocados.

Será permitido atraso? (CGD)

Nos dias de realização da primeira fase os portões dos prédios serão fechados às 13h45.
No período de realização da segunda fase os portões do prédio serão fechados 15 minutos antes do horário de início do Exame Oral.
O candidato que comparecer após o fechamento dos portões estará eliminado do Processo Seletivo.
Atenção: Visto que os portões serão fechados 15 minutos antes do horário de início das provas, recomenda-se que os candidatos procurem chegar, com pelo menos, 60 minutos de antecedência.

Qual o tempo de duração das provas? (CGD)

Os candidatos terão, no máximo, 4 horas, e, no mínimo, uma hora e meia para a realização das provas da primeira fase; e período previsto de até uma hora e meia para a realização da segunda fase.
 

O que será avaliado na primeira fase? (CGD)

A primeira fase do vestibular pretende examinar as capacidades:
1) Leitura e compreensão de textos;
2) Produção de textos adequados às diferentes necessidades e circunstâncias, fazendo uso de recursos expressivos e retóricos, tais como coerência, clareza, precisão lexical e argumentação exaustiva;
3) Observação e interpretação de documentos, tais como textos, mapas, gravuras, pinturas, caricaturas e gráficos;
4) Reflexão sobre a linguagem musical e poética de um repertório próximo de sua experiência cotidiana;
5) Raciocínio, argumentação e crítica;
6) Análise e síntese;
7) Habilidade em diagnosticar situações e propor formas de intervenção;
8) Utilização do conhecimento para compreender o mundo em que vive.
 

Como posso me preparar para a prova de Artes e Questões Contemporâneas? (CGD)

Essa prova cumpre os mesmos objetivos gerais de selecionar candidatos capazes de articular um olhar crítico sobre a realidade. Para isso, solicita que o candidato seja capaz de realizar leituras consistentes sobre diferentes objetos e linguagens nos campos da arte e da cultura. No caso de Literatura mais do que o conhecimento sobre estilos de época ou informações gerais sobre movimentos literários, é esperado do candidato que seja capaz de oferecer sobretudo a leitura crítica de textos fundamentais. Espera-se, portanto, que o candidato demonstre competência analítica, comparativa e interpretativa, relacionando a significação das obras com o contexto histórico e social em que elas se inserem.
As questões contemporâneas envolvem abordagens sociológicas, filosóficas e culturais, usualmente também denominado de humanidades, focalizou-se em dois grandes temas contemporâneos: a Globalização e a transição da modernidade para a pós-modernidade. O que se procurou ao introduzir estes dois eixos temáticos foi exigir do candidato mais do que a leitura e domínio conceitual dos textos. Buscou-se exigir, sobretudo, a capacidade de articulação das questões contemporâneas em suas diversas abordagens, sejam elas morais, políticas, filosóficas, culturais ou sociológicas, com o repertório artístico e literário que também compõe este exame. Deste modo, o que se exige do candidato é especialmente a capacidade de estabelecer vínculos críticos e analíticos entre expressões artísticas e processos sociais de sua época.
A organização do programa delimita algumas obras fundamentais dos séculos XX e XXI, tanto internacionais como brasileiras. Indica, também, bibliografia e sites, atendendo a duas finalidades básicas: permitir ao candidato o contato com uma produção artística significativa, ainda que pouco extensa; e orientá-lo no estudo, visto que a exigência dos conteúdos aqui indicados é, em certa medida, inédita.

 

Como será a prova de inglês? Será necessário conhecimento de inglês jurídico? (CGD)

Ao contrário das provas de língua estrangeira tradicional, a prova de inglês da FGV/DIREITO SP será discursiva e exigirá do candidato a capacidade de oferecer respostas em português e em inglês. Vocabulário estritamente técnico não será exigido. Se, eventualmente, fizer parte da prova, virá acompanhado de notas explicativas. 

Quantos candidatos são classificados para o Exame Oral? (CGD)

A quantidade de classificados para a Segunda Fase será calculada para limitar o número de candidatos efetivos a, no máximo, 280 (duzentos e oitenta) candidatos.

 

Por que o Exame Oral? (CGD)

A FGV/DIREITO SP, depois de um longo processo de discussão a respeito, concluiu que um processo seletivo deve procurar conhecer o aluno da maneira mais abrangente possível.
Uma prova exclusivamente escrita não tem como avaliar uma série de habilidades que a Escola valoriza. O Exame Oral, neste sentido, permite perceber características que escapam de uma prova exclusivamente escrita.
 

O que o Exame Oral pretende avaliar? (CGD)

O Exame Oral avalia a capacidade de enfrentar situações-problema; de expressar-se com rigor, em especial, oralmente; de trabalhar em grupo, de interagir tendo em vista as necessidades coletivas, de liderar e/ou reconhecer lideranças legítimas; de distinguir ideias pertinentes em maior ou menor grau; e de debater e formular argumentos bem construídos.
 

Como será o Exame Oral? (CGD)

O Exame Oral será realizado em grupos de, em média, dez candidatos, e terá três etapas distintas:

 

1ª etapa: apresentação individual
Os candidatos conhecerão alguns sub-temas relacionados à situação-problema central e deverão escolher um, dentre eles, para uma apresentação de, no máximo, 2 minutos, com tolerância máxima de 20 segundos para conclusão da ideia ou frase. A ordem de apresentação será sorteada e todos os candidatos assistirão à exposição dos demais.


2ª etapa: trabalho em grupo

Concluídas as apresentações individuais, os candidatos são informados da sistemática das etapas II e III. Formam-se dois grupos. Apresenta-se a situação-problema a ser discutida e definem-se as duas teses com as quais os grupos trabalharão nessa segunda etapa. Cada grupo será responsável por uma delas, sempre oposta à do outro grupo, ou
em conflito com esta e terá o tempo previsto de até 15 minutos para construir, internamente, a argumentação necessária para a defesa de sua tese. Nessa etapa, a tarefa fundamental é o desenvolvimento do trabalho em grupo.


3ª Etapa: discussão inter-grupos

Todos os candidatos são dispostos em um grande círculo e inicia-se o debate entre os dois grupos constituídos na Etapa II. O propósito dessa Etapa III é a apresentação e defesa das teses opostas discutidas anteriormente, bem como a tentativa de demonstração da validade e eventual superioridade de uma tese sobre a outra. Essa etapa tem duração prevista de até 20 minutos.

O examinador presente explicará detalhadamente todas as regras que disciplinam a atividade do debate, a lógica de funcionamento de cada etapa, a forma pela qual cada candidato pode intervir na discussão etc.
 

Como conheceremos o tema a ser debatido? (CGD)

Assim como na prova escrita, a situação-problema e seus sub-temas serão conhecidos pelos candidatos apenas após o início do Exame Oral. Haverá temas distintos para distintas datas e distintos horários de aplicação do Exame.
 

Como posso me preparar para o Exame Oral? (CGD)

Como já foi dito, o Exame Oral será a oportunidade de o candidato demonstrar, entre outras coisas, sua capacidade de expressão oral, através da abordagem da situação-problema proposta. Algumas habilidades que serão exigidas no Exame Oral, já expostas acima, devem ter sido desenvolvidas ao longo de toda a trajetória educacional do candidato.
 

Como poderei obter os resultados? (CGD)

Primeira fase: Os candidatos classificados para a Segunda Fase terão seus nomes divulgados por ordem alfabética no menu Resultados, a partir de 01/12/2017.
Segunda fase: Os candidatos convocados para a Matrícula terão seus nomes divulgados no menu Resultados, no dia 22/12/2017.
Os candidatos terão acesso individual, pela internet, às notas brutas e padronizadas, às médias obtidas e à sua classificação relativa às provas do processo, de modo a obter uma avaliação detalhada de seu desempenho. Essas informações estarão disponíveis no dia 22/12/2017, no menu Resultados, no link Acompanhe o Resultado e Verifique suas Notas, mediante a utilização do número de inscrição e da respectiva senha, fornecidos no primeiro dia de prova.

Em caso de reprovação no Processo Seletivo, poderei solicitar revisão ou ter acesso às provas que realizei?

Não haverá revisão ou vista de provas da Primeira Fase em nenhuma hipótese e não serão fornecidos originais nem cópias das provas. Não haverá revisão de nota do Exame Oral.

Sou "treineiro". Como vou ser avaliado?

A FGV permite a participação de “treineiros” apenas na Primeira Fase (provas do Módulo Objetivo e do Módulo Discursivo) do Processo Seletivo Nacional Vestibular para os Cursos de Graduação, desde que efetuem suas inscrições de acordo com os procedimentos estabelecidos neste Edital e no Manual do Candidato.

Candidatos treineiros não precisarão entregar a Carta de Motivação e o Comprovante de Conclusão do Ensino Médio para a Segunda Fase do Processo Seletivo.

Candidato que se declare “treineiro” poderá participar das provas da primeira fase, mas deverão estar cientes de que não serão convocados para a segunda fase - Exame Oral, fase essa destinada apenas aos candidatos que comprovarem que concluíram ou que estão concluindo o Ensino Médio até a data da Matrícula em primeira chamada.

 

Se eu for aprovado no Processo Seletivo vigente, poderei fazer a matrícula no próximo ano? (CGD)

O presente Processo Seletivo tem validade somente para ingresso no ano letivo de 2018, não havendo reserva de vaga para anos posteriores. O Processo Seletivo é realizado uma  vez por ano.
 

Site do curso:
Obtenha informações mais completas deste curso no site: Direito SP

Telefone: 0800 770 0423

De segunda a sexta das 8h às 19h

E-mail: processoseletivo@fgv.br

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede